Ex-policial é preso em Marialva acusado em participação na quadrilha da caixa eletrônico

Prisão ocorreu na madrugada de quarta-feira (17)

Marco Antônio Mauloni, 43 anos foi preso pela Polícia Civil na madrugada de quarta-feira (17), em um hotel em Marialva, onde ele estava morando há cerca de três meses com a esposa e filho.

Mauloni é ex-soldado da PM e foi preso após o cumprimento de mandado de prisão expedido por Curitiba. O ex-policial militar de Curitiba ficou 11 anos na corporação, e foi expulso da PM em 2013 com envolvimento em uma quadrilha especializada em furto e desmanche de carros de luxo na capital paranaense.

A quadrilha que chamava a “gangue dos carecas” chegou a trocar tiros com policiais civis da seção de furtos e roubos de veículos em Curitiba, onde um dos policiais envolvido na quadrilha foi morto no confronto. Marco Antônio Mauloni é investigado pelo COPE, Centro de Operações Policiais Especiais, por envolvimento em explosões de caixas eletrônicos não somente na região de Maringá, mas no Paraná.

Durante a sua prisão, policias civis de Maringá apreenderam 17 mil reais em dinheiro, uma mangueira que é usada em maçaricos para cortar cofres e eletrodos. O ex-soldado nega participar de explosões a caixas eletrônicos, mas de acordo com o COPE, o ex-policial está sendo investigado sim nas ações criminosas.

Categorias: Destaques,Região