MTZ vence Sanepar

Você pode gostar ou não dos membros do Movimento Tarifa Zero, mas algo que tem que ser destacado, e isso ninguém pode negar, é a coragem que ambos têm de enfrentarem grandes corporações e órgãos públicos nesses últimos anos.

Tudo começou em 2017, quando “bravos guerreiros” iniciaram uma briga contra a Viapar, algo ridicularizado à época. “Nem o ex-governador Requião [famoso pela frase ou o pedágio abaixa ou acaba, o que nenhuma das alternativas ocorreram em sua gestão] conseguiu acabar, imagine o pessoal de Mandaguari. Essa luta é perdida”, diziam muitos pela cidade.

Passados alguns dias, com uma carta na mesa – a Estrada Terra Roxa – o MTZ conseguiu para os motoristas de Mandaguari a tão sonhada Tarifa Zero, onde quem não quiser pagar o pedágio utiliza a estrada, que através da cancela identifica a placa e o motorista não paga nada para passar pelo local. Aos que preferem passar pela rodovia, o MTZ conseguiu um desconto de 80% no preço da Praça de Pedágio de Mandaguari. “Pelos cálculos do nosso movimento, a Viapar deixou de ganhar mais de R$ 12 milhões de reais. Isso é uma economia positiva para nossos motoristas. Algo realmente incrível que aconteceu em nossa cidade”, comentou, em entrevista ao Correio de Notícias, Alexandre Stroher, um dos líderes do movimento.

Passados alguns meses, já superada a briga com a Viapar, o MTZ mirou a Sanepar, que no início de 2018, a empresa foi alvo de várias reclamações, em diversos pontos da cidade. “Trabalhar em conjunto, em favor de um todo é isso. Sempre acompanhando as redes sociais, percebemos inúmeras reclamações de falta de água em bairros, e isso nos chamou a atenção. Nos reunimos em algumas oportunidades, e descobrimos que o contrato da Sanepar estaria vencido no município”, explicou Stroher.

“Em um dado momento, reunimos a sociedade civil organizada, e abrimos o espaço para o diálogo, sempre buscando soluções para melhorar o serviço que nos é oferecido. Surgiram com a ideia de uma Autarquia de Águas, que seria administrada pelo povo mandaguariense. Mas algumas pessoas não botaram muita fé nessa briga contra a Sanepar. Mas o MTZ é um movimento formado pelo povo, e o povo de Mandaguari estava descontente com os serviços oferecidos. Em alguns bairros faltam esgoto, no outro os moradores sofrem com a falta de água, principalmente aos finais de semana, que a água vem com pouca potência, entre tantos outros problemas que foram detectados ao longo de inúmeras reuniões”, disse um dos líderes do MTZ.

Ao longo das negociações, o MTZ convidou os vereadores a visitarem uma autarquia na cidade de Ibiporã. “Fomos até a SAMAE, conhecemos toda a estrutura e a forma com que o município administra a questão do abastecimento de água. E assim como a Estrada Terra Roxa foi a carta na manga que tínhamos para dar um xeque-mate na Viapar, assim também fizemos com a Autarquia contra a Sanepar”.

“Nos últimos meses, a Prefeitura Municipal e os vereadores se reuniram com os diretores da Sanepar, porém em algumas oportunidades, a sociedade civil organizada não pode participar, pois não foi convidada, e com isso, a Sanepar tinha oferecido apenas R$ 43 milhões à serem investidos nos próximos 30 anos, que é o prazo do contrato que está prestes à ser assinado. Fomos atrás, discutimos, fomos até as mídias locais, e o Correio de Notícias também foi nosso parceiro, publicando uma reportagem em que o MTZ questionava esse valor e de o por que a sociedade não estava participando da reunião. Após isso, o MTZ foi convidado, assim como outros órgãos, e através da pressão conseguimos avançar nas negociações com a Sanepar”, comentou.

“A proposta de investimento saltou de R$ 43 para R$ 106 milhões, e esses investimentos começam a serem feitos imeditamente, um dos exemplos é que parte do Jardim Boa Vista terá esgoto até 2022. A Sanepar ainda se comprometeu até o final do contrato ter no mínimo 89% de rede de esgoto em Mandaguari. E isso é uma grande vitória”, comemorou.

A proposta da Sanepar ainda passará por uma audiência pública, e poderá ser melhorada através de mais discussões.

Categorias: Destaques,Mandaguari

Tags: ,,,,,,

error: Content is protected !!