De forma covarde, Batistão tenta revogar projeto de Fisioterapia

O vereador Eron Barbiero (PSB) propôs a criação da Unidade de Urgência em Fisioterapia em Mandaguari. O projeto foi aprovado por unanimidade pela Câmara Municipal em março de 2020, o prefeito Romualdo Batista (PDT) sancionou apenas em abril, porém agora tenta revogar o projeto, prejudicando centenas de pacientes.

O vereador usou de suas redes sociais para criticar a postura covarde do prefeito. Confira na íntegra:

Em qual município do Brasil a prefeitura sanciona uma lei que vai beneficiar a saúde da população e, em seguida, essa mesma prefeitura tenta revogar a lei? Só aqui em Mandaguari mesmo.

Eu, Eron Barbiero, propus a criação da Unidade de Urgência em Fisioterapia para Mandaguari. Com o apoio dos colegas vereadores, consegui a aprovação em março. Mesmo assim, o prefeito sancionou a lei somente no final de abril.

Agora, o prefeito está querendo que a Câmara revogue essa lei. Ou seja, ele não quer criar a Unidade de Urgência em Fisioterapia, contrariando a decisão dos vereadores e deixando a população que precisa sem esse atendimento tão necessário.

Isso é uma vergonha. É um descaso. E tem cara de retaliação política, já que eu sou crítico às lambanças dessa administração e sou o autor da lei.

Essa unidade pode ser implantada a custo quase zero, readequando equipamentos e escala de servidores, como já acontece em outras cidades brasileiras. Meu objetivo é agilizar e humanizar o atendimento fisioterapêutico, principalmente para as pessoas que sentem dores na região da coluna por causa do trabalho. Isso evitaria filas nas UBSs, principalmente no PAM, excesso de medicação e exames de imagem desnecessários.

Agradeço aos vereadores que me apoiaram e que, agora, também são contra esse absurdo do prefeito e da secretária de Saúde. Serei contra essa e contra todas as covardias da prefeitura com a nossa população.

Categorias: Destaques,Mandaguari

Tags: ,,,

error: Content is protected !!